Espaço Israel Pinheiro


Obra de Oscar Niemeyer inaugurada em 2011, este museu eletrônico homenageia Israel Pinheiro, o engenheiro construtor de Brasília e tem como foco a relação entre o ser humano e a natureza. Destaque para os monitores sensíveis ao toque e o auditório interativo com projeção de vídeos sobre o meio ambiente. Para os escolares, mediadores organizam uma visita lúdica com jogos imersivos complementada por uma ida até o jardim de plantas medicinais e condimentais. No Bosque dos Constituintes, dá para ver espécies como o ipê, o pau-ferro e o pau-brasil, árvores plantadas a partir de 1988. 

Praça dos Três Poderes (atrás do Panteão, ao lado do Espaço Oscar Niemeyer)

Como chegar lá:

Telefone: 61-3323-6658

Visitação: segunda a sexta, 8h às 12h; 14h às 18h (mediante agendamento).

Gratuito.

Acessibilidade para pessoas com deficiência locomotora.

Acesso: linhas de ônibus que atendem a Praça dos Três Poderes.

Entorno: uma trilha do bosque da Constituinte leva até a Praça, onde se encontram vários museus.

Mais informações:
www.espacoisraelpinheiro.org.br




Memorial da Embrapa
Recursos Genéticos e Biotecnologia




Inaugurado em 2015, apresenta ao visitante parte da história da pesquisa agropecuária no Brasil. A linha do tempo mostra a evolução dos recursos genéticos e da biotecnologia do país nos últimos 40 anos. Nas vitrines, além de documentos, microscópios e outros materiais de laboratório, destacam-se alguns equipamentos e instrumentos desenvolvidos pelos próprios pesquisadores nas décadas de 80 e 90, como uma cuba de eletroforese, para experimentos de genética molecular e o primeiro equipamento de biobalística do Brasil, que permite transformar plantas com mais rapidez e segurança.

Parque Estação Biológica – Av. W5 Norte (final)

Como chegar lá:

Telefone: 61-3448-4919

Visitação: segunda a sexta (mediante agendamento).

Gratuito.

Acesso: linhas de ônibus que atendem a W3 Norte. Entorno: bem em frente, pode ser visitada a Casa do Cerrado, espaço destinado à preservação desse bioma.

Mais informações:
https://www.embrapa.br/recursos-geneticos-e-biotecnologia/historia




Museu Ambiental da Polícia Militar do DF


Reinaugurado em junho de 2017, tem por objetivo conscientizar crianças, jovens e adultos quanto à preservação do meio ambiente. Seu acervo inclui animais taxidermizados do Cerrado, como um lobo guará, um jacaré tinga, dois veados campeiros, uma jaguatirica, um caititu, uma sucuri, um bicho preguiça, uma cotia e sete primatas expostos em dioramas com som ambiente.

Centro de Referência em Educação Ambiental do GDF, Parque Ecológico de Águas Claras.

Como chegar lá:

Visitação: segunda a sexta, das 8h às 18h.

Gratuito.

Acesso: linhas de ônibus que atendem Águas Claras; Metrô Águas Claras.

Entorno: o próprio parque, com sua fauna e flora, suas trilhas, quadras de esporte e a Lagoa dos Patos, é um agradável convite ao aprendizado e ao lazer.




Museu de Ciências Naturais


Localizado no Jardim Zoológico de Brasília e reaberto em 2013, de seu acervo constam mais de 400 peças da fauna silvestre e exótica, como aves, répteis, mamíferos e anfíbios. Lá se encontram dioramas (vitrines que reproduzem o bioma natural) com animais taxidermizados e também terrários com animais vivos. Crianças e idosos se encantam com as atividades lúdicas, educativas e de lazer associadas à qualidade de vida e à preservação do ambiente. Enfim, é um espaço que vale muito o bilhete de entrada!

Av. das Nações, via L4 Sul – Jardim Zoológico (próximo à Administração e ao Serpentário)

Como chegar lá:

Telefone: 61-3445-7032 Visitação: terça a domingo, 9h às 12h; 13h30 às 17h00.

Ingresso pago (crianças até 12 anos e idosos pagam meia).

Acessibilidade para pessoas com deficiência locomotora.

Acesso: linhas de ônibus que atendem o Núcleo Bandeirante.

Mais informações: http://www.zoo.df.gov.br




Parque Nacional de Brasília


Também conhecido como “Água Mineral”, esse parque urbano foi criado em 1961 para proteger a vegetação e os rios que fornecem água potável à Capital do país. Suas principais atrações são as duas concorridas piscinas de água corrente mineral e as duas trilhas, onde o visitante pode observar a flora e a fauna. O lobo-guará, o tamanduá-bandeira, o tatu-canastra e a jaguatirica são algumas das espécies protegidas no local. A história do Parque está presente no Centro de Educação Ambiental, com exposição interpretativa e maquetes.

Via EPIA - Rodovia DF003 – km 8,5

Como chegar lá:

Telefone: 61-3233-6897

Visitação: diariamente, 8h às 16h. Ingresso pago. Crianças até 11 anos e adultos com mais de 60 não pagam.

Acessibilidade para pessoas com deficiência locomotora.

Acesso: linha de ônibus circular que sai da Rodoviária do Plano Piloto (Granja do Torto)

Mais informações: www.icmbio.gov.br




Parque Olhos d´Água


Com 21 hectares de área verde, atende aos moradores da Asa Norte e entorno em busca de lazer e vida saudável. Inaugurado em 1994, preserva vegetação típica do Cerrado, como o angico. Oferece 2 km de pista de cooper e trilhas internas, onde podem ser vistos gambás e preás. Crianças se divertem no parque infantil e adoram ir até a Lagoa do Sapo, que abriga tartarugas, patos e peixes. Já os adultos têm à disposição equipamentos de ginástica e aulas de yoga e tai-chi-chuan.

Quadras 413–415 Norte - Asa Norte

Como chegar lá:

Telefone: não tem.

Visitação: diariamente, 6h às 19h.

Gratuito.

Acesso: linhas de ônibus que atendem a L2 Norte.




Planetário de Brasília


Projetado por Sérgio Bernardes e inaugurado em 1974, foi revitalizado e reaberto em 2013. Oferece projeção da Via Láctea, do sistema solar, das fases da Lua e das constelações no teto de uma cúpula de 12,5 m de diâmetro. Tem capacidade para 80 pessoas por sessão. Entre os filmes, estão: “Dois pedacinhos de vidro”, “Origens da vida”, “O segredo do foguete de papelão” e “Reino de Luz: uma breve história da vida”. A projeção no teto é feita por meio de dois equipamentos: o Space Master e o Power Dome VIII, ambos produzidos pela Carl Weiss.

Setor de Difusão Cultural – Eixo Monumental (entre a Torre de TV e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães)

Como chegar lá:

Telefone: 61-3361-6810

Visitação: diariamente, 8h às 20h. Sessões de segunda a sexta, às 19h. Sábados e domingos, às 11h; 14h30; 16h; 17h30; 18h30.

Acessibilidade para pessoas com deficiência;locomotora.

Ingresso: para assistir à projeção é cobrado 1 kg de alimento não perecível por pessoa, a partir de 4 anos. Visitas às instalações e exposições são gratuitas.

Acesso: linhas de ônibus que atendem o Eixo Monumental.

Mais informações:
www.sect.df.gov.br/planetariodebrasilia